top of page

Saiba como investir em imóveis nos Estados Unidos

Atualizado: 24 de jan. de 2020

Entre as diversas opções de investimento nos Estados Unidos, o mercado imobiliário deve ser considerado como uma boa possibilidade.


A estruturação de um investimento como esse deve obedecer a alguns critérios e neste texto vamos dar algumas dicas sobre isso.


A crise de 2008 parece ter ficado para trás. Conforme a evolução do índice S&P/Case Shiller, a partir de 2011, os preços vivem trajetória de crescimento, chegando, em novembro do ano passado ao seu maior nível histórico, com 214 pontos. 


O primeiro passo para entrar neste mercado é escolher a região onde se vai adquirir a propriedade. Não é necessário green card e nem visto de residência para iniciar esse tipo de investimento O público brasileiro fez uma opção, já há algum tempo, pela Flórida.


De acordo com estudo realizado pela Douglas Elliman, no quarto trimestre de 2018, os preços no Estado tiveram, por outro lado, redução média de 6,7% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 410 mil.


O levantamento mostrou que os condados de Sunny Isles, Surfside, Miami Beach e Key Biscayne mostraram condições ativas para negócios.


Em um segundo momento é importante definir qual será o uso do imóvel. Será para aluguel? O uso será ocasional, nas viagens realizadas para os Estados Unidos? Ou somente para venda em caso de valorização?


Essa escolha será decisiva para o retorno do investimento e também para o formato do imóvel. Há opções de espaços comerciais, residências de alto luxo e até mesmo uma simples casa de veraneio.


De qualquer forma é importante pesquisar bastante, avaliar a localização, os recursos que a região oferece, como acesso viário, comércio e frequência de visitantes. São fatores que podem valorizar ou desvalorizar a propriedade.


Outro ponto que deve ficar no radar são as taxas de manutenção. Um imóvel que fica fechado pode apresentar avarias e é importante medir o impacto que esses gastos correntes podem ter no investimento total.


IMÓVEIS COMERCIAIS


Entre as possibilidades de investimento em imóveis vale a pena observar também a possibilidade de aquisição de prédios comerciais. Redes varejistas, como Walgreens, Dollar General, de alimentação, como KFC, Taco Bell, costumam vender unidades e firmam contratos de aluguel, algo que pode ser lucrativo.


É importante ressaltar, que o passo de comprar uma propriedade nos Estados Unidos deve estar amparada por outros instrumentos, como uma trust ou ainda uma empresa aberta no país, que darão suporte e agilizarão as operações de compra e venda, recebimento de aluguéis e ainda a declaração de imposto de renda.


A taxação progressiva vai depender do valor investido e é fundamental colocar na balança o quanto será pago anualmente. Como exemplo, uma empresa com capital de US$ 100 mil pagaria US$ 13.750 de impostos e acresceria 34% sobre a quantia acima de US$ 75 mil.


FUNDOS


Ainda é possível optar por fundos imobiliários, os chamados REIT (Real Estate Investment Trusts), que permitem um investimento mais simplificado, geralmente voltado ao pequeno e médio investidor.


Existem REITs direcionados à lucratividade de imóveis comerciais, de entidades de saúde, de prédios de escritórios e também instrumentos vinculados a hipotecas.


Essa diversidade permite que o investidor tenha a possibilidade de montar portfólios e estabelecer estratégias de planejamento financeiro.


O momento para planejar é agora.


Para maiores informações: https://www.rogercorrea.com.br/contato

27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page