top of page

Atração e manutenção de funcionários continua no centro das preocupações dos Diretores de RH em 2021

Atrair e manter colaboradores em postos chave de uma organização ainda tem sido uma das principais preocupações para os executivos de RH no mundo todo. A informação consta em pesquisa realizada em 2019 pela Silkroad, que contou com a participação de 853 profissionais que comandam suas áreas em diferentes segmentos.



Sendo assim, neste texto quero falar com você sobre estratégias para a retenção e aquisição de funcionários.


Uma medida é a revisão completa dos pacotes de benefícios oferecidos por você empregador para seus funcionários, incluindo:

● Seguro Saúde em grupo (temos parcerias com as maiores e melhores seguradoras do mercado nacional e internacional), nosso foco é redução de custo e ao mesmo tempo cumprindo a otimização dos benefícios oferecidos.

● Seguro de Vida em grupo

● Invalidez individual e grupo (nacional e internacional)

● Planos odontológicos em grupo


Ao longo de 21 anos de carreira nos Estados Unidos desenvolvemos grandes projetos, os quais chamamos de “Golden Handcuff” (Algemas de Ouro) que servem para tornar o pacote de benefícios mais atrativo e capaz de reter colaboradores.

Parte de nossa análise consiste em avaliar o mercado atual e com isso buscar os melhores e mais criativos “pacotes de benefícios” para retenção de funcionários chave em sua empresa.


Trago um exemplo prático da eficácia desse tipo de estratégia.

Certa vez, trabalhando com um grupo brasileiro que precisava de um funcionário chave do concorrente (que não estava feliz em sua empresa) criamos um pacote especial onde além do bônus de contratação, todos os benefícios corporativos oferecidos e um belo plano de aposentadoria, sugerimos a aquisição de um contrato de seguro de vida onde a empresa precisaria “reter” o funcionário por pelo menos 5 anos.


O ideal seriam 10 anos e com isso o dinheiro acumulado dentro do contrato de seguro de vida seria o benefício adicional que o funcionário receberia por ter “vestido” a camisa da empresa, o que equivaleria ao final de 10 anos o equivalente à US$ 1 milhão (algemas de ouro) e caso o funcionário viesse a falecer nesse meio tempo o benefício do pecúlio faria parte dos ativos da empresa para a contratação de um novo funcionário, dessa forma não tendo um impacto grande no fluxo de caixa empresarial.


OUTRAS PREOCUPAÇÕES



O estudo ainda apontou que o desenvolvimento de líderes e administração de habilidades variadas entre os profissionais foi apontado como desafio para 45% dos entrevistados, enquanto o recrutamento de talentos para cargos específicos foi citado por 41% dos executivos que responderam à pesquisa.


Além disso, conflitos em função de resistência às mudanças propostas foi considerado um problema por 30% dos entrevistados e a implementação de melhorias nas tecnologias de recursos humanos para melhorar valores e imagem da corporação foi um ponto destacado por 28% dos executivos.


Gostaríamos de agendar uma conferência virtual com você “free of charge” nos próximos dias para elaborarmos um plano de gestão de pessoas que se adeque as novas necessidades que o momento atual requer.


Nossos contatos comercial@rogercorrea.com.br e +55 11 9-9380-6725 Whats Brasil.



Equipe RC Assessoria em gestão.

Roger Correa, LUTCF

CEO & Fundador

93 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page